Segunda 29 de maio – Reunião do Conselho Comunitário de Segurança

Segunda-feira – dia 29 de Maio – AISP26 – 19:00h

Local: Sede da ACEP (Associação Comercial e Empresarial de Petrópolis)

Endereço: Rua Irmãos D’Angelo 48 – 7º Andar – Centro de Petrópolis

http://www.isp.rj.gov.br/agenda.asp – ISP: Instituto de Segurança Pública RJ

 

RISP AISP BPM Município 105 DP Legal Petrópolis e Cascatinha
7 26 26o BPM Petrópolis 106 DP Legal Itaipava, Pedro do Rio e Posse

Cidadania e Engajamento: uma proposta para a cidade de Petrópolis – Segunda dia 22 de Maio

O Conselho Comunitário de Segurança (do Instituto de Segurança Pública RJ) e o

Petrópolis Convention & Visitors Bureau convidam para o encontro

“Cidadania e Engajamento: uma proposta para a cidade de Petrópolis”

  • Boas-vindas – Presidente do CCS
  • Palestra de Kátia Manangão – Coach, Jornalista, Publicitária e Profissional de Marketing
  • Turismo e a Comunidade – Presidente do PC&VB
  • Apresentação da Campanha #TodosporPetrópolis Linda e Segura – Comitê Gestor.

Público-alvo: empresários, líderes setoriais e comunitários, profissionais envolvidos direta e indiretamente com a atividade turística, participantes da campanha #TodosporPetrópolis Linda e Segura, líderes das Forças de Segurança, cidadãos de Petrópolis.

Dia 22 de maio (segunda-feira), às 8h30 no
Hotel Casablanca Imperial
Rua da Imperatriz, 286 – Centro Histórico.

palestra2

#TodosPorPetrópolis, Linda e Segura

todosPor
Adesivo do #TodosPorPetrópolis

A NovAmosanta, através dos diretores Fernando Varella e Jorge de Botton, participa, há dois anos, das reuniões do Conselho Comunitário de Segurança, ação do Institudo de Segurança Pública do estado do Rio de Janeiro, presidida, em Petrópolis, pelo Sérgio Ramos Mattos, em reuniões mensais alternadamente em Petrópolis e Itaipava.

Recentemente foi criado pelo Conselho o chamado Comitê Gestor com vistas a apoiar a segurança no município, e esse comitê criou um grupo WhatsApp intitulado #TodosporPetrópolis, Linda e Segura, que vem ganhando enorme força e mostrando resultados .

pmTodos
Viatura da Guarda(*), em frente à Catedral (foto recente de #TodosPorPetrópolis)

Através do esforço deste grupo, campanhas conseguiram recuperar viaturas policiais que servem ao município, atravéz da reposição de pneus avariados e diversas peças, e apoiar as delegacias do município pela doação de resmas de papel para realização de Boletins de Ocorrência. (outras campanhas e ações em andamento)

A policia de Petrópolis interage com o grupo e apoia o movimento, união dos cidadãos com o policiamento.

Mais do que o apoio material, a mobilização da comunidade, integrando-se com as forças policiais e preservando Petrópolis, que tem um dos mais baixos índices de crime do estado, se torna uma força enorme para a melhoria da nossa segurança.

Viatura da polícia civil, com o adesivo de #TodosPorPetrópolis
Viatura da polícia civil, com o adesivo do movimento (foto #TodosPorPetrópolis”)

Nosso conselheiro (da NovAmosanta) Jose Luiz Alqueres, participante do grupo, foi muito feliz em seu recente artigo no Diário de Petrópolis em comentar sobre esse esforço legítimo e oportuníssimo da comunidade.

Aos nossos associados e simpatizantes e a quem tiver interesse na segurança do município de Petrópolis,  sugerimos fortemente o comparecimento às reuniões no CCS – Conselho comunitário de Segurança, de onde saiu o grupo.

Todos por Petrópolis, Linda e Segura !

* Essa viatura, em particular, foi recuperada pela administração, não pelo grupo.


Notas:

1) Código de Posturas de Petrópolis (download deste site)

2) Próxima reunião do CCS de Petrópolis, AISP26: (do site do ISP)

Segunda-feira – dia 29 de Maio  – 19:00h

Local: Associação Comercial e Empresarial de Petrópolis (ACEP)
Endereço: Rua Irmãos D’Angelo, 48 – Centro – Petrópolis – RJ
Membros Natos:
Comandante:
26º BPM – Cel PM Oderlei Santos Alves de Souza
Delegado: 105ª DP – Dr. Cláudio Batista Teixeira; 106ª DP – Dr. André Luiz Pinto Lourenço.

Empresários petropolitanos fazem balanço de campanha por segurança (Todos por Petrópolis)

Diário de Petrópolis

O grupo de empresários que se uniu para ajudar nos custos das polícias Civil e Militar, mantendo os serviços de segurança pública da cidade, fez um balanço do primeiro mês de atuação. Em um mês, a campanha conseguiu 64 pneus novos, 240 resmas de papel, além de doações de material de higiene e limpeza para as duas delegacias da cidade.

De acordo com os organizadores do movimento, o saldo, até agora, é muito positivo.

Viatura da Polícia Militar com pneus doados por Todos po Petrópolis, Linda e Segura
Viatura da Polícia Militar com pneus doados por Todos po Petrópolis, Linda e Segura

– É hiper positivo! A sociedade quer um ordenamento da cidade e se uniu com a criação deste grupo. A nossa campanha continua e, agora, estamos pedindo o apoio das empresas para a manutenção, que não estava sendo realizada há dois anos. Isso demanda uma verba maior, e, por isso, estamos pedindo ajuda para que algumas empresas maiores “apadrinhem” os veículos. E estamos sendo muito bem recebidos, acredito que, em breve, teremos todas as viaturas rodando na rua, em plenas condições – disse Célia D’Azevedo, empresária que participa do Comitê Gestor da campanha “Todos por Petrópolis – Linda e segura”, idealizada pelo Conselho Comunitário de Segurança.

A ideia inicial é que o trabalho para garantir a manutenção das condições de trabalho dos policiais dure três meses.

– É um trabalho emergencial, pontual, vendo o que poderia ser feito nas principais necessidades – disse.

No entanto, a campanha não vai parar por aí. O grupo já pensa nos “próximos passos”, após auxiliar na resolução dos problemas envolvendo o trabalho das polícias. E a principal demanda é colaborar – e cobrar resultados do poder público – com relação à ordem urbana. De acordo com Célia, uma reunião já foi marcada com o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi, para definir os detalhes da nova etapa da campanha.

– O mais importante agora é fazer com que o Código de Posturas seja fiscalizado e implantado na prática. Precisamos encontrar alguma forma para reforçar a fiscalização para impedir que flanelinhas e ambulantes ilegais continuem tomando as ruas da nossa cidade. Outra questão é com relação aos moradores de rua. Queremos ajudá-los, para eles possam para as suas residências de origem ou a um abrigo, resgatando a sua dignidade – disse Célia.