Convite: Projeto AMA – Águas da Mata Atlântica, Pagamento aos Produtores de Água

topo

CONVITE

Pagamento aos Produtores de Água

convite

Temos o prazer de convidar os participantes do Projeto AMA – Águas da Mata Atlântica – a participar do evento de pagamento pelos serviços ambientais prestados em áreas de suas propriedades disponibilizadas para a restauração e a conservação da Mata Atlântica em benefício da coletividade.

DIA 15 DE JUNHO – Sexta-feira 10:00 HORAS
Local: Fazenda Vira-Mundo – Estrada do Brejal, Km 1,5

conviteMapa

Mais informações sobre a localização em: https://www.vira-mundo.com/localizacao


Esse foi um convite do Comitê Piabanha nos seguinte termos:

Prezados membros e demais interessados,

Conforme convite anexo, a cerimônia será na sexta-feira, dia 15 de junho, as 10 horas, na Fazenda Vira-Mundo, Posse, Petrópolis/RJ.

A REDEH realizou o projeto de PSA em 60 hectares de área, distribuídos em 11 propriedades em Petrópolis, sendo 30 há na modalidade restauração e outros 30 há na modalidade conservação.

Atenciosamente,

COMITÊ PIABANHA
AGEVAP – Secretaria Executiva do Comitê
24 2237 9913
cbhpiabanha@agevap.org.br
www.comitepiabanha.org.br

 

Comitê Piabanha: Incluímos na pauta a retomada da Discussão sobre Saneamento

Logo Comitê PiabanhaNa última reunião ordinária do Comitê Piabanha, realizada em 13 de dezembro, (http://www.comitepiabanha.org.br/reuniao-plenario.php#) conseguimos incluir na pauta um assunto de extrema relevância para Petrópolis: a retomada das discussões iniciadas no Grupo de Trabalho de Saneamento.

A partir de janeiro estaremos trabalhando para, possivelmente, conhecermos os investimentos necessários na região dos distritos: todos os atores envolvidos no tema serão formalmente convidados para iniciarmos os debates.

Já há algum tempo a sociedade civil organizada vinha debatendo a questão do saneamento em nosso município.

Com a revisão do plano diretor da cidade algumas perguntas relativas a prazos para novos investimento, tais como construções de novas estações de tratamento de esgoto (ETEs) e estações de tratamento de água (ETAS) ainda não foram satisfatoriamente respondidas.

E existe uma grande preocupação com o tema do abastecimento de água no município em virtude de, nos períodos de estiagem, em  alguns locais dos distritos moradores reclamarem, com razão, de falta de água.

A informação de perda de 30% na disponibilidade de água na cidade foi levada aos membros do Comitê Piabanha, pelo presidente do comitê, Paulo Leite, no período de estiagem no ano de 2015,  momento em que a cidade passou por um período crítico de abastecimento , transtornando a rotina de muitos moradores dos Distritos.

Rio Bonfim - Praça de Correas - do Facebook Amigos do Rio Piabanha
Rio Bonfim – Praça de Correas – do Facebook Amigos do Rio Piabanha

Também o projeto de lei que estende a área urbana do município não vem acompanhado de referência às novas demandas de saneamento nos distritos. (Projeto de lei GP350  25/8/2015 Delimita as zonas urbanas e rurais do Município de Petrópolis e dá outras providências (pdf). )

Nosso encaminhamento foi considerado pertinente e em janeiro na primeira reunião do GT de saneamento o assunto será tema da pauta.

A inclusão do tema saneamento na pauta do Comitê Piabanha reforça a política da NovAmosanta de buscar o desenvolvimento sustentável dos distritos.

Paula Beatriz Pareto
Diretora da NovAmosanta
Diretora da APOP – Associação de Produtores Orgânicos de Petrópolis

Concurso Fotográfico Comitê Piabanha

Bom dia!

Envio este e-mail para informar a todos que o Concurso Fotográfico do Comitê Piabanha está com inscrições abertas até o dia 04 de março.

Portanto, vamos fazer aquela força tarefa e divulgar para o máximo de pessoas possível!

Compartilhem nossas postagens no facebook, vamos fazer desse Concurso um sucesso total!!!

Informações completas (regulamento e formulário de inscrição) no site do Comitê Piabanha www.comitepiabanha.org.br

At.
Nayara do Vale
Assessoria de Comunicação

Comitê Piabanha Participa da 1ª Oficina de Cobrança pelo Uso da Água no Estado do Rio de Janeiro

Foi promovida pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERHI) no dia 04/12 a 1ª Oficina de Cobrança pelo Uso da Água no Estado do Rio de Janeiro, que teve como público alvo membros do CERHI-RJ, de Comitês de Bacia estaduais e das Agências Delegatárias.

Representando o Comitê Piabanha, estiveram os membros Paulo de Souza Leite, David Miller, Sérgio Bertoche e Yara Valverde.

Os objetivos foram

  • apresentar o histórico da implantação da cobrança no Estado do Rio de Janeiro: definição, base legal, objetivos, critérios específicos e competências;
  • Conhecer a metodologia de cobrança aplicada no Estado do Rio de Janeiro, e em outras bacias hidrográficas do Brasil;
  • Exercitar os conceitos envolvidos no calculo da cobrança estadual;
  • Apresentar a experiência de implantação do instrumento em outras bacias hidrográficas brasileiras;
  • Esclarecer papéis e responsabilidades na execução da cobrança: arrecadação e aplicação dos recursos;
  • Pensar aperfeiçoamentos possíveis para a cobrança no Estado do Rio de Janeiro e propostas de encaminhamento.

(Yara Valverde é diretora da NovAmosanta)

Fonte: INFORMATIVO PIABANHA X AGEVAP – 01-12-2015 a 15-12-15

NovAmosanta e CI: a Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ), reune-se com o Comitê do Piabanha

A convite da Diretora da NovAmosanta e consultora da Conservação Internacional – CI Brasil, Yara Valverde, o representante da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ), reuniu-se com o diretório do Comitê do Piabanha no último dia 06 de agosto, na Unidade Descentralizada da AGEVAP (UD2), em Petrópolis (RJ).

A reunião tratou do alinhamento entre as ações das três instituições (CI, GIZ e CB Piabanha) para o desenvolvimento sustentável da região.

Foi discutida uma proposta de parceria entre as instituições, que agregue o projeto “Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica” do MMA e GIZ e o Projeto MEGA Rio da CI ao Plano da Bacia do Piabanha, que será elaborado por seu Comitê, permitindo o apoio técnico e logístico, além da troca de experiências entre as instituições.

http://www.giz.de/en/worldwide/12055.html

Participação na Reunião do Mosaico Central Fluminense – NovAmosanta Presente

Foto do projeto Mosaico Central Fluminense "Apoio à logística de atendimento à fauna silvestre”

O Presidente do Comitê Piabanha Paulo de Souza Leite, o Secretário Executivo Sérgio Bertoche, e a Diretora Yara Valverde representaram o Comitê Piabanha na reunião do Conselho do Mosaico Central Fluminense no dia 11 de agosto.

A pauta foi composta por debates sobre a situação atual da secretaria executiva, o Portal da RestauraçãoFluminense e o Banco de Áreas para Restauração.

Na ocasião houve a apresentação do projeto do INNATUS de PSA Hídrico para a Região Hidrográfica IV (RH – IV), plano de prevenção ao fogo em unidades de conservação no estadodo Rio de Janeiro, e apresentação do projeto da trilha longa como ferramenta de conectividade, integração econservação das áreas protegidas do Mosaico.

(Yara Valverde é Diretora também na NovAmosanta)
INFORMATIVO COMITÊ PIABANHA x AGEVAP – Período 01 a 15 de Agosto de 2015

http://www.mosaicocentral.org.br/

Cinco Cursos da Agência Nacional de Águas (ANA) Estão com Inscrições Abertas

Os interessados em participar dos cursos promovidos pela Agência Nacional de Águas (ANA) têm atualmente cinco oportunidades de capacitação a distância com inscrições abertas. Até o dia 16 de fevereiro os cursos “Sala de situação: fique por dentro”, “Comitê de Bacia: o que é e o que faz”, “Caminho das águas”, “Lei das Águas” e “Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias” seguem com 2 mil vagas abertas ao público em geral. Para se inscrever basta acessar o Portal de Cursos a Distância da ANA.

Os alunos inscritos e selecionados receberão e-mail da Agência informando os procedimentos necessários para efetivação da matrícula, sendo permitida a participação em apenas dois cursos simultaneamente. Ao final do curso os alunos com aproveitamento superior a 60% receberão certificado de participação emitido pela ANA. Todos os cursos são gratuitos e autoinstrucionais, ou seja, não dependem de tutor para sua realização.

Acesse e inscreva-se: http://ead.ana.gov.br

Os cursos

  • Sala de Situação – fique por dentro: com carga de 4h/aula o novo curso da ANA tem o objetivo de fazer com que o aluno conheça e entenda a importância das Salas de Situação da ANA na prevenção de desastres naturais.
  • Comitê de Bacia – o que é e o que faz: o objetivo maior desse curso com 20h/aula é ampliar o entendimento sobre as atribuições e responsabilidades do comitê de bacia hidrográfica e incentivar a participação da sociedade em geral na gestão de recursos hídricos.
  • Caminho das Águas: abordando temáticas como usos múltiplos das águas, gestão inadequada e eventos críticos, o curso, baseado no projeto Caminho das Águas, visa à promoção da educação e a conscientização da sociedade a partir de importantes conceitos e práticas relacionados aos recursos hídricos. Edições anteriores capacitaram mais de 2 mil pessoas.
  • Lei das Águas: a intenção, com o curso, é permitir a ampla compreensão sobre a Política Nacional de Recursos Hídricos, bem como os conceitos básicos relacionados à gestão das águas e a identificação de possíveis formas de atuação responsável para o uso e a gestão.
  • Planejamento, manejo e gestão de bacias: o principal objetivo dessa capacitação é apresentar aos alunos os instrumentos de planejamento dos recursos hídricos e de gestão de bacias hidrográficas em 40h/aula.

Capacitação

Em 2013, a Agência Nacional de Águas capacitou mais de 24 mil pessoas no tocante à gestão de recursos hídricos. Para 2014 estão previstas 14,5 mil vagas, sendo 1,1 mil presenciais ou semipresenciais e 13,4 mil em cursos totalmente a distância. As capacitações serão, em sua maioria, de curta ou média duração, variando de 4 a 80 horas. Para o público estrangeiro há uma previsão de 500 oportunidades, principalmente na modalidade EaD. Saiba mais no site http://capacitacao.ana.gov.br..

Eleição para Composição da Plenária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piabanha, Preto e Paquequer – Prorrogação Indevida do Prazo: Carta ao Comitê

[A carta adiante foi enviada em 29 de novembro de 2013 ao Comitê via e-mail cbhpiabanha@agevap.org.br]

Ao
Comitê da Bacia Hidrográfica do Piabanha, Preto e Paquequer;
Prezado senhor Presidente e demais membros do Diretório Colegiado:

Apresentamos ontem nossa inscrição no Processo Eleitoral para composição da Plenária do Comitê da Bacia Hidrográfica da Bacia do Piabanha – Quadriênio 2013-2017, data limite, conforme estabelecido no Edital e Regulamento do Processo Eleitoral.

Até às 17:30 hs quando encerrou o prazo para inscrição, havia 14 organizações inscritas no segmento da sociedade civil para disputar as 9 vagas de titulares e 9 vagas de suplentes desse Comitê.

Posteriormente, às 18:02, fomos surpreendidos com a mensagem da Secretaria da AGEVAP, por determinação do Presidente e do Diretório Colegiado do Comitê, comunicando, via e-mail, a prorrogação do prazo de inscrições do Processo Eleitoral para o dia 2 de dezembro de 2013, com a alteração do Calendário previsto no Edital e Regulamento.

Embora consideremos importante a ampliação da representação e da representabilidade da sociedade civil no Comitê, a alteração do processo eleitoral, após seu término, sem sequer apresentar uma justificativa, não nos parece um procedimento correto.

Afinal, foram quase 30 dias para as inscrições, sem que tenha sido feita qualquer manifestação da diretoria ou membro da plenária sobre necessidade de adiamento.

Portanto, a despeito do esforço realizado pela AGEVAP para divulgar o edital do processo eleitoral, qualquer alteração no calendário eleitoral só poderia ter sido feita antes do prazo final estabelecido no regulamento e com a aprovação da plenária, em reunião extraordinária do comitê.  Imaginem se o procedimento ora realizado fosse generalizado para os demais processos eletivos no País. Teríamos, por certo, o caos e estaríamos sujeitos a toda sorte de casuísmos.

Pelas razões acima pedimos que o Presidente e o Diretório Colegiado reconsiderem a determinação acima anunciada.

Em caso de dúvida poderemos  consultar o Ministério Público Estadual para esclarecer esta questão.
Atenciosamente,

Roberto L. Penna Chaves
NovAmosanta

Comitê Piabanha – Processo Eleitoral 2013-2017 – Inscrições Abertas

De 1 de novembro de 2013 até 28 de novembro de 2013 estão abertas as inscrições para o PROCESSO ELEITORAL DO COMITÊ PIABANHA (dez. 2013 a dez 2017).

As vagas do comitê são distribuídas da seguinte forma:

  • I PODER PÚBLICO – 9 (nove) instituições titulares e 9 (nove) suplentes:
    • a) 7 (sete) representantes dos poderes executivos municipais da bacia;
    • b) 1 (um) representante do poder executivo estadual;
    • c) 1 (um) representante do poder executivo federal.
  • II USUÁRIOS DA ÁGUA – 12 (doze) instituições titulares 12 (doze) suplentes
  • III SOCIEDADE CIVIL – 9 (nove) instituições titulares e 9 (nove) suplentes.

Edital disponível no site do Comitê Piabanha:
http://www.comitepiabanha.org.br/noticia.php?id=51

Ficha de Incrição:
http://www.comitepiabanha.org.br/conteudo/ficha20132017.pdf

As instituições interessadas em se inscrever deverão preencher a ficha de inscrição e entregar os documentos exigidos no Edital na:

AGEVAP – UD 2, Sede do Comitê Piabanha:
Unidade Descentralizada 02 da AGEVAP – Sede do COMITÊ PIABANHA
Av. Barão do Rio Branco, nº 1003 (Faculdade Arthur Sá Earp Neto – FASE), Centro, Petrópolis, Estado do Rio de Janeiro, CEP. 25680-120.

Obs.:
No caso de documentação enviada por correio, a postagem deverá ser feita até o prazo limite para entrega (28/11). Nesse caso, os documentos também deverão ser enviados por e-mail com o comprovante dos correios digitalizado, além da lista de documentos enviados. Para comprovação do recebimento do e-mail, a AGEVAP UD2 enviará um e-mail de confirmação do recebimento em até um dia útil.

Informações:
Tel. (24) 2237-9913 (falar com Erika Melo ou Victor Montes)
Email: cbhpiabanha@agevap.org.br